terça-feira, 14 de março de 2017

Os Barcos, no salão Transartes, Berlin - April 1st 2017


Dear Berliners!
On April 1st will be screened "Os Barcos" (Die Boote), my film with Caetano Gotardo.
We'll share this night with Filipe Janh, Caroline Alves and Natalie Riedelsheimer, Dikumbi and João de Alencar Régo.
I would love to see you there!

Programm:

Filipe Jahn ist ein brasilianischer Musiker, der Lieder mit der typischen „Bossa Nova“ Stimmung erschafft: intime Lieder, die Herzensangelegenheiten und Alltägliches thematisieren. Bald wird sein erstes Album aus dem neuem Projekt Bandini veröffentlicht. Für den 24. Salão Transartes wird Filipe ein kleines Konzert daraus, nur mit seiner Gitarre und Stimme, geben.
Das Tanzstück „Gewand“ mit Caroline Alves und Natalie Riedelsheimer wird ein weiteres Highlight unseres nächsten Salão Transartes sein.

Bei dem Tanzstück „Gewand“ steht am Anfang die Frage: „Was ist Weiblichkeit?“ Der Prozess des „Becoming-woman“ fordert einen auf, jede Form von Dualität, vollständig aufzulösen. Es bedeutet eine Destabilisierung von Identitätszuschreibung und schlägt vor, das Denken nicht auf Oppositionen und Zuschreibungen zu limitieren, sondern sich auf einen Zickzack-Kurs von immerwährenden Variationen zu begeben. Während der Präsentation wird Caroline Alves tanzen und Natalie Riedelsheimer Cello spielen.
 
Thais de Almeida Prado ist Multimedia-Künstlerin, hat einen MA in Filmwissenschaft (2014) und einen BA in Theaterregie (2004). Ihre Arbeit oszilliert zwischen Kunst, Film, Theater, Tanz, Musik und Literatur. Sie arbeitet mit Erzählungen in Echtzeit, insbesondere mit Videographie, theatralischen und literarischen Kreationen. In dem 24. Salão Transartes werden Thaís de Almeida Prado und Caetano Gotardo uns ihren Kurz-Film “Os Barcos” zeigen.

Abgerundet wird dieser Abend mit der gefühlvollen Musik von der afro-deutschen Sängerin Dikumbi. Geboren in der DDR und aufgewachsen in den Umbruchszeiten der Wende, bewegt sie sich seither im Spannungsfeld zwischen Neuem und Altem, Gegenwärtigem und Vergangenem, dem Gefühl zuhause zu sein und doch fremd zu sein. Diese Erfahrungen spiegeln sich in ihrer musikalischen Heimat, eine Mischung aus Jazz und brasilianischer Musik, wieder. Begleitet wird sie von dem afro-brasilianischen Percussionisten João de Alencar Régo. Gemeinsam spannen sie einen musikalischen Bogen von Brasilien über die USA bis nach Deutschland.

https://www.facebook.com/events/267781123664256

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Co2 and other toxins


Pré estreamos!

Nasceu publicamente nosso trabalho coreográfico "Co2 and other toxins" no
tanz.tausch - festival de dança e performance de Colônia, Alemanha.

Copyright 2016 ©MEYER ORIGINALS


Copyright 2016 ©MEYER ORIGINALS



Thank you Bianca Mendonca and Katharina Geyer for this beautiful and inspiring creation.
Thanks Carla Jordao and Sonia Mota for your eyes and energy.
Thanks Sebastian Mez and Sebastian Obbink for the documentation.
Thanks Alessandro De MATTEIS for the inspiring pictures.
Thanks Tanzfaktur, ZAIK, tanz.tausch and Mechtild Tellmann for the support.
"Co2 and other toxins" had an amazing premiere!
2017, here we go!


domingo, 4 de dezembro de 2016

Co2 and other toxins



Dear people in Cologne,
I am really happy to invite you to the premiere of "Co2 and other toxins" tonight in the Alte Feuerwache in Cologne at 8 PM in the context of the "tanz.tausch - tanz und performance festival".
A work that was born form an amazing, creative and "heartfull" collaboration between Bianca Xavier de Mendonca, Katharina Geyer and Thaís De Almeida Prado.

Hope to see you there!
https://vimeo.com/194636878
tanz.taush programm
http://www.tanztausch.de/programm.html


copyright 2016 Alessandro De MATTEIS


quarta-feira, 30 de novembro de 2016

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

"ClayBody" (work in process)

"ClayBody" (work in process)
Performance von Bianca Mendonça und Thaís de Almeida Prado.

Wie beeinflusst das Leben im Spätkapitalismus unseren Körper und unsere Art Kunst zu machen? Was sind die Konsequenzen?
Diese ’work in process’- Performance, welche die Choreographin Bianca Mendonca mit ihrer künstlerischen langzeit-Partnerin, Thaís de Alemeida Prado, erarbeitet hat, basiert auf den Themen, mit denen sie sich seit einiger Zeit beschäftigen: live Kino, Lehm, Kapitalismus und Erstickung.







https://www.facebook.com/events/587445328109712/

sábado, 1 de outubro de 2016

ClayBody

ClayBody
a performance by 
Bianca Mendonça and Thaís de Almeida Prado 




quarta-feira, 13 de julho de 2016

A Bruta Flor do Querer no Canal Brasil

E pra quem não viu ou quiser rever,

Terça, dia 12/07, às 22h e Sábado, dia 16/07, à meia-noite Terá A Bruta Flor do Querer no Canal Brasil.


http://canalbrasil.globo.com/programas/selecao-brasileira/materias/a-bruta-flor-do-querer-sera-exibido-em-julho.html




segunda-feira, 11 de abril de 2016

Crítica: A Bruta Flor do Querer tenta manter o tesão diante da morte do cinema brasileiro

para ler a crítica acesse o link abaixo
Crítica: A Bruta Flor do Querer tenta manter o tesão diante da morte do cinema brasileiro



A Bruta Flor do Querer estreiou nos cinemas brasileiros no dia 7 de Abril de 2016 e continua em cartaz!!! Um filme de amor platônico, de muita música boa e de amor por cinema! Imperdível!!!
Bora no cinema minha gente!!!!

Estrelando: Diana Motta, Dida Andrade, Andradina Azevedo, Danilo Grangheia, João Federici, Arua Maroni, Sue Nhamandu, Daniele Rosa, Clara Andrezzo, Nara Lobo (aka Thais de Almeida Prado) e Fernanda Galvão.
Direção de: Andradina Azevedo e Dida Andrade
Data de Lançamento: 7 de abril de 2016

Trailer

                        

Confira as cidades e cinemas da primeira semana da exibição de a A Bruta Flor do Querer.
BRASÍLIA

Cine Brasília – 19h
Cine Cultura Liberty Mall – 14h e 19h50
__________

• FORTALEZA
Cinema Dragão do Mar – 20h
__________

• NITERÓI
Cine UFF – 21h10
__________

• PALMAS
Fundação Cultural de Palmas – 19h30
__________

• RECIFE
Cinema São Luiz
Quinta: 19h40 / Sábado e Domingo: 16h / Sexta, Segunda a Quarta: 17h50
__________

• RIO DE JANEIRO
Cine Joia Rio Shopping - 12h35 / 19h35 (exceto sábado e domingo)
Cine Odeon – 18h
Ponto Cine – 18h
Compre seu ingresso aqui: bit.ly/BrutaFlor-RiodeJaneiro
__________

• SALVADOR
Sala de Arte UFBA – 12h50 de segunda a sexta-feira
Sala de Arte Cinema do Museu – 18h05
Espaço Itaú de Cinemas Glauber Rocha – 13h30 / 17h20 / 21h
Cinépolis Bela Vista – Sala 05 – 19h30 segunda a sexta / 14h30 sábado e domingo
Compre seu ingresso: bit.ly/BrutaFlor-Salvador
__________

• SANTOS
Espaço Miramar Santos – 17h40 / 21h
Compre seu ingresso: http://bit.ly/BrutaFlor-Santos
__________

• SÃO PAULO
Espaço Itaú de Cinema Augusta – Sala 02 – 16h40 / 18h30 / 20h10 / 22h
Caixa Belas Artes – Sala 04 - 16h40 / 20h50
Espaço Itaú de Cinemas Pompéia – Sala 10 – 18h / 20h
Compre seu ingresso aqui: http://bit.ly/BrutaFlor-SaoPaulo

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Vidéo Capitale 2016

Alô Alô Besançon,

Deux de mes vidéos "Distúrbio no Vazio" (2009) et "Movimento nº35 em Ré Menor, meu pé, meu sapato e o asfalto" (2008) ceci fait avec ma chérie Paloma Oliveira seront projetés dans le festival "Vidéo Capitale". 

Two of my videos "Distúrbio no Vazio" (2009) and "Movimento nº35 em Ré Menor, meu pé, meu sapato e o asfalto" (2008) this one made with my chérie Paloma Oliveira will be screened in the festival "Vidéo Capitale".


"Vidéo Capitale is a contemporary art event showcasing artist’s videos and short sets for a diverse audience. Every night at 5 p.m., village shop windows become filled with life from the full screen films being shown inside and that is visible to pedestrians in the street. The town and location are essential to a sublime and entertaining viewing experience in which tributary worldviews circle the art of life. The programming, purposefully left open, is composed of different genres and influences in conjunction with architecture, dance, documentaries and visual arts. The videos were made by young creators as well as recognized artists, all engaged in art" ."




sábado, 20 de fevereiro de 2016

Property of a Private Collection, by Rachel Alliston

With the exhibition 'Property of a Private Collection', Rachel Alliston presents three new works, products of the artist’s recent research into philanthropist, horticulturalist and art collector Bunny Mellon (1910-2014). Mellon was perhaps best known for her design of the Rose Garden at the American White House. Together with her husband, she also founded the Yale Center for British Art and funded a significant extension to the National Gallery of Art in Washington, D.C.

The central work of the exhibition is Alliston’s 2016 video, which draws from diverse sources including Mellon’s rare interviews, her husband’s published memoirs 'Reflections in a Silver Spoon' (1992) and the autobiography of her father, 'All Out of Step' (1956). The video was filmed on the premises of Decad, Alliston’s not-for-profit art space in Berlin. A computer-generated female voice provides a narrative thread recounting factual information on Mellon’s life, while two actresses embody the semi-fictional character as rendered by Alliston. An accompanying artist book is comprised of various image materials, photographs documenting Mellon’s life as well as the personal possessions which were sold by Sotheby’s following her death, arranged into four auctions: fine art, jewelry, furniture and real estate. Alliston’s third artwork takes the form of a print based on botanical drawings in Mellon’s collection.

In 'Property of a Private Collection', Rachel Alliston creates a link between worlds, between the sites of her own production as a contemporary artist in Berlin and the legendary wealth and high society of her protagonist. Questions arise around the power structures in which artists and collectors are embedded, a right through ownership, philanthropy as political intervention, privacy and publicity, authority through knowledge acquisition and the historical role of women in both artistic production and art collecting. An exhibition catalogue will be presented on the closing day of the exhibition. In it, a number of essays written by different authors will elaborate on, and depart from, these themes of the exhibition.







photo by Mareike Spendel
---

'Property of a Private Collection', by Rachel Alliston
with Thaís de Almeida Prado and Helga Krickl

Centrum Reuterstraße 7 12053 Berlin
(U7/U8 Hermannplatz / U7 Rathaus Neukölln / U8 Boddinstraße)

For further information, please visit www.centrumberlin.com
To make an appointment to see the exhibition, please contact info@centrumberlin.com.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Sobre o Assistir, um filme-testemunho em minisséires


Exibição fechada do filme: "Sobre o Assistir, um filme-testemunho em minisséires", apenas para os pesquisadores do "Søren Kierkegaard Research Centre", na Dinamarca.

O filme é um Making Off poético sobre a pesquisa de campo do projeto de doutoramento “Assistir e ser assistido: estética existencial na obra Temor e Tremor, de Søren Kierkegaard”, de Deise Abreu Pacheco. No filme, Deise propõe um Retiro de Cultivo à quatro atores-testemunhas e um filósofo-testemunha para que respondam cenicamente ao livro de cultivo que ela criou para cada um deles.

foto de Deise Abreu Pacheco

Direção
Deise Abreu Pacheco e Thais de Almeida Prado

Roteiro e decupagem
Deise Abreu Pacheco

Filmagem, edição, desenho sonoro e finalização
Thais de Almeida Prado

Atores - testemunhas:
Caio Paduan
Eduardo Leite
Giulian Batista
Otacílio Alacran

Cineasta-testemunha
Thais de Almeida Prado

Filósofo-tetemunha (observador silencioso)
Vinícius de Castro Soares

Autora da pesquisa
Deise Abreu Pacheco (Dedé)

A realização desse filme contou com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo – FAPESP.

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Quando o Processo Colaborativo Transborda na Estética Cinematográfica


Publicação do Livro:

Quando o Processo Colaborativo Transborda na Estética Cinematográfica

O presente livro visa a contribuir com os estudos no campo da reflexão estética e principalmente da gênese da criação no fazer cinematográfico, destacando possíveis dinâmicas colaborativas na produção de cinema do Brasil, através da analise de dois filmes (Ex-Isto e Desassossego) e do relato de dois processos criativos (Com Meus Olhos de Cão e Nowhere), com o intuito de identificar estratégias, viabilizar, ampliar e sistematizar o conceito de criação em colaboração, atentando para o papel do ator, do montador e dos próprios diretores como co-autores na produção contemporânea do cinema.

ISBN- 1 3:
978-3-639-84875-5
ISBN- 1 0:3639848756EAN:9783639848755

Loja Online
https://www.morebooks.de/store/pt/book/quando-o-processo-colaborativo-transborda-na-estetica-cinematografica


 

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Quando o Processo Colaborativo Transborda na Estética Cinematográfica


Banca da Dissertação de Mestrado:
Quando o Processo Colaborativo Transborda na Estética Cinematográfica

Dissertação de Mestrado apresentada à Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo,  para a obtenção do título de Mestre em Meios e Processos Audiovisuais.
Área de Concentração: Cinema; Meios e Processos Audiovisuais
Orientador: Prof. Dr. Cristian da Silva Borges

RESUMO
O presente projeto visa a contribuir com os estudos no campo da reflexão estética e principalmente da gênese da criação do fazer cinematográfico, destacando possíveis dinâmicas colaborativas na produção de cinema do Brasil, através da análise de dois filmes (Ex-Isto e Desassossego) e do relato de dois processos criativos (Com Meus Olhos de Cão e Nowhere), com o intuito de identificar estratégias, viabilizar, ampliar e sistematizar o conceito de criação em colaboração, atentando para o papel do ator, do montador e dos próprios diretores como co-autores na produção contemporânea do cinema.

ABSTRACT
The project intends to study the aesthetic implications concerning a specific type of contemporary film production in Brazil, by analyzing the creative process of two recent fictional films: Ex-Isto and Desassossego and by the reporting process of two other movies under construction: Com Meus Olhos de Cão and Nowhere. It’s main aim is to identify their artistic strategies, through a systematization of the concept of ‘creation’ as applied to these films, focusing on the ways the actor, the editor and the filmmakers can collaborate as co-authors within their production.


direção de Thaís de Almeida Prado. Com Gilberto Mendes

sábado, 7 de dezembro de 2013

VIDEO CAPITALE 2013



Distúrbio no Vazio e Movimento em pé Maior serão exibidos de 7 à 15 de dezembro no VIDÉO CAPITALE 2013 em Fresne-Saint-Mamès (Franche-Comté), França.


VIDÉO CAPITALE 2013 - Vitrine Grande Rue, projections de 17h00 à 00h00.
Soirée d'inauguration, Jeudi 12 décembre 2013 à 18h30, salle de fêtes.
14 rue de la citadelle, Fresne-Saint-Mamès.

Un Événement Montagne Froide.

domingo, 1 de dezembro de 2013

Origem Destino volta em cartaz!!!



O Espetáculo ORIGEM DESTINO, da Companhia Auto-Retrato em parceria ao Quarteto à Deriva, volta em cartaz!!!

De 1º a 17 de dezembro de 2013
domingos às 11h
terças às 12h

Inicio sempre em frente à Catedral da Sé, pontualmente com os sinos da igreja.


TEASER da primeira temporada: http://www.youtube.com/watch?v=NHaZgcC9vBA

FICHA TECNICA
Direção: Mauricio Veloso e Andrea Tedesco
Dramaturgia: Marcos Gomes
Elenco: Beto Sporleder, Camilo Schaden, Carla Kinzo, Daniel Muller, Guilherme Marques, Marcio Castro, Marina Corazza, Marina Tranjan, Natacha Dias, Rui Barossi e Thais de Almeida Prado

Elenco de apoio: Giulianna Santana, Ray Santos, Rick Luz 
Cenografia: Julio Dojcsar casadalapa
Figurino: Patricia do Lago e Julio Dojcsar casadalapa
Preparação Vocal: Paula Carrara
Preparação Corporal: Alex Ratton
Oficina de Viewpoints: Juliana Monteiro
Registros e Edição de Vídeos: Caetano Gotardo
Participação na Mostra de Repertório: Gabriela Schwab e Caetano Gotardo
Site: Maurício Coronado
Design Gráfico: Tati Mayumi e Nicholas Maia
Produção: AnaCris Medina e Tetembua Dandara
Assessoria de Imprensa: Ofício das Letras.

QUANTO: Gratuito
É necessário trazer seu bilhete único ou R$3,00 trocado [sujeito a lotação do ônibus].
Em caso de chuva, não haverá espetáculo.
INFORMAÇÕES: producao@ciaautoretrato.com.br
SITE: www.ciaautoretrato.com.br
www.musicaaderiva.com.br

CONTATOS
Produção executiva:
Ana Cris Medina
(11) 3672-4559 / 99740-3236
producao@ciaautoretrato.com.br





sexta-feira, 15 de novembro de 2013

UM HOMEM - ATO 2

UM HOMEM - ATO 2 


Dia 15 como parte da programação do Dramamix, dentro do Satyrianas, eu e Rubens Rewald apresentaremos o texto UM HOMEM - ATO 2. Dia 15/11, às 22:30, na sede da SP Escola de Teatro, que fica na Praça Roosevelt. 

mais infos no evento UM HOMEM - ATO 2



quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Aparelhos de Superar Ausencias


Phila7 apresenta Aparelhos de Superar Ausências
de 03 à 08 de outubro de 2013

Os Barcos em Paris


"Os Barcos" estará na mostra Cinéma de Poche, acompanhando o Caetano Gotardo que estreia com longa-metragem " O que se move " em Paris!!!!
Queridos amigos parisienses!!!! apareçam!!!




Mais Infos em: http://www.cinematheque.fr/fr/dans-salles/rendez-vous-reguliers/fiche-manifestation/cinema-poche-caetano-gotardo-collection-bresilienne,16004.html

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Os Barcos no Festival Cine MuBE Vitirne Independente


Os Barcos, ganhou prêmio de melhor roteiro pelo "Festival Cine MuBE Vitirne Independente" que ocorreu neste mês de junho de 2013.

http://mube.art.br/wp-content/uploads/2013/06/PROGRAMA%C3%87%C3%83O-CINE-MuBE-9.pdf























E os vencedores do 9º Cine MuBE Vitrine Independente são:

Melhor Curta pelo Voto do Júri
Abrigo ao Sol, de Emerson Evêncio (ES)

Melhor Curta pelo Voto Popular
A Ditadura da Especulação, de Zé Furtado (DF)

Melhor Média pelo Voto do Júri
A Voz do Poço, de Patrícia Black (SP)

Melhor Média pelo Voto Popular
Bebete e Daniboy, de Ruy Veridiano (SP)

Melhor Diretor de Curta
Ramon Batista por Fogo Pagou

Melhor Diretor de Média
Gustavo Vinagre por Filme para Poeta Cego

Melhor Atriz
Daniela Glamour em O Amor que não Ousa Dizer seu Nome

Melhor Ator
Samuel Reginatto em Elefante na Sala

Melhor Roteiro de Curta
O Amor que não Ousa Dizer seu Nome (SP)

Melhor Roteiro de Média
Os Barcos (SP)

Prêmio Especial de Atuação – Teuda Bara
Teuda Bara em Abrigo ao Sol

Prêmio Especial
A Ditadura da Especulação, de Zé Furtado (DF)

quarta-feira, 1 de maio de 2013

"Os Barcos" estará no Festival Hemisfério


"Os Barcos" estará no Festival Hemisfério, no programa BARULHO dias 4 as 15h; 7 às 20h e 10 as 20h. No CCSP

O Festival Hemisfério foi criado a partir de uma iniciativa independente de relacionar a produção audiovisual brasileira e dinamarquesa. Será no Centro Cultural São Paulo, de 2 a 10 de maio.

Durante o dia 4 de maio será realizada uma festa de confraternização liderada pela Voodoohop e com a presença do dj dinamarquês Rasmus - seguindo a proposta de celebração das duas culturas.

Programação

Dia 02/05 – quinta-feira
17h
Programa: Miragem
curtas: Os mortos vivos (BRA) / Den tid vi har (DIN) / Hakoili (DIN) / 3000 meter (DIN) /
Natfodte (DIN)
20h
Programa: Afago
curtas: Intet kan rore mig (DIN) / A mão que afaga (BRA) / Mothballing (DIN) / Vênus
(DIN)

Dia 03/05 – sexta-feira
17h
Programa: Primitivo
curtas: Sculpting in time (DIN) / Sculptures in time (DIN) / Inv.B/W.Ver (DIN) / Thy som
tilstand (DIN) / Juligrisen (DIN) / Fantasms (BRA) / Porcos raivosos (BRA)
20h
Programa: Futurismo
curtas: To venner (DIN) / Dizem que os cães vêem as coisas (BRA) / Sleeping district
(DIN) / Praça Walt Disney (BRA) / We can remember it for you (DIN)

Dia 04/05 – sábado
15h (sessão única às 15 horas)
Programa: Barulho
curtas: (Untitled) (DIN) / Mirror voice (DIN) / A onda traz, o vento leva (BRA) / Os barcos
(BRA) / Tomrum (DIN)

Dia 05/05 – domingo
17h
Programa: Afago
20h
Programa: Primitivo

Dia 07/05 – terça-feira
17h
Programa: Futurismo
20h
Programa: Barulho

Dia 08/05 – quarta-feira
17h
Programa: Perversão
curtas: Noter fra kalderen (DIN) / Filme para poeta cego (BRA) / Fjorten ar og to naetter
(DIN)
20h
Programa: Miragem

Dia 09/05 – quinta-feira
17h
Programa: Futurismo
20h
Programa: Primitivo

Dia 10/05 – sexta-feira
17h
Programa: Perversão
20h
Programa: Barulho

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Os Barcos no Festival do Juri Popular, 2013


Festival do Juri Popular 


MOSTRA COMPETITIVA DE CURTAS - 

Os Barcos integra o Programa 05 (12 anos)

. "Os barcos", de Caetano Gotardo e Thaís De Almeida Prado, SP (foto)
. "Capela", de Gustavo Rosa de Moura, SP
. "Charizard", de Leonardo Mouramateus, CE
. "O gigante", de Julio Vanzeler e Luís da Matta Almeida, SC
. "Uma, duas semanas", de Fernanda Teixeira, RJ
. "Menino do cinco", de Marcelo Matos de Oliveira e Wallace Nogueira, BA
 



Sobre o festival

Um festival competitivo de curtas, sem júri oficial, onde o público vota em todas as categorias.

Realizado em 22 cidades nas cinco regiões do país, tem como objetivo valorizar e difundir nacionalmente as produções de curtas, tornando-as acessíveis a diferentes públicos e incentivando uma discussão estética ao possibilitar a expressão e integração de opiniões, além de fomentar uma postura proativa e reflexiva em relação ao audiovisual.

de 28/01 à 03/02 de 2013


Programação

Belém/PA:
Cine Líbero Luxardo – Fundação Tancredo Neves – 86 lugares
Av. Gentil Bittencourt, 650 – Batista Campos – (91) 3202 4321
04/02 (segunda-feira) – 18h – Mostra Homenagem
04/02 (segunda-feira) – 20h – Programa Longa 01: “HU
05/02 (terça-feira) – 18h – Programa Curta 06
05/02 (terça-feira) – 20h – Programa Longa 02: “A cidade é uma só?
06/02 (quarta-feira) – 18h – Programa Curta 05
06/02 (quarta-feira) – 20h – Programa Longa 03: “Doméstica
07/02 (quinta-feira) – 18h – Programa Curta 04
07/02 (quinta-feira) – 20h – Programa Longa 04: “Mr. Sganzerla – Os signos da luz
08/02 (sexta-feira) – 18h – Programa Curta 03
08/02 (sexta-feira) – 20h – Programa Longa 05: “Jards
09/02 (sábado) – 18h – Programa Curta 02
09/02 (sábado) – 20h – Programa Longa 06: “As hiper mulheres
10/02 (domingo) – 18h – Programa Curta 01
10/02 (domingo) – 20h – Mostra Homenagem
Belo Horizonte/MG:
Cine Humberto Mauro – Palácio das Artes – 136 lugares
Av. Afonso Pena, 1.537 – Centro – (31) 3236 7400
25/01 (sexta-feira) – 18h – Programa Curta 03
25/01 (sexta-feira) – 20h – Programa Curta 04
26/01 (sábado) – 16h – Programa Curta 01
26/01 (sábado) – 18h – Programa Curta 02
26/01 (sábado) – 20h – Mostra Homenagem
27/01 (domingo) – 16h – Programa Curta 05
27/01 (domingo) – 18h – Programa Curta 06
27/01 (domingo) – 20h – Mostra Homenagem
Brasília/DF:
Cineclube Beijoca – Memorial Darcy Ribeiro – 170 lugares
Universidade de Brasília – Campus Darcy Ribeiro
01/02 (sexta-feira) – 18h – Programa Curta 03
01/02 (sexta-feira) – 19h30 – Programa Curta 02
01/02 (sexta-feira) – 21h – Programa Curta 01
08/02 (sexta-feira) – 18h – Programa Curta 04
08/02 (sexta-feira) – 19h30 – Programa Curta 05
08/02 (sexta-feira) – 21h – Programa Curta 06
Boa Vista/RR:
Videoteca do Palácio da Cultura – 60 lugares
Praça do Centro Cívico – (95) 9123 1000
28/01 (segunda-feira) – 20h – Programa Curta 01
29/01 (terça-feira) – 20h – Programa Curta 02
30/01 (quarta-feira) – 20h – Programa Curta 03
31/01 (quinta-feira) – 20h – Programa Curta 04
01/01 (sexta-feira) – 20h – Programa Curta 05
02/02 (sábado) – 19h – Programa Curta 06
03/02 (domingo) – 19h – Mostra Homenagem
Corumbá/MS:
Instituto Moinho Cultural – Auditório do Moinho Cultural – 100 lugares
Rua Domingos Sahib, 300 – Porto Geral – (67) 3232 9981
29/01 (terça-feira) – 19h – Programa Curta 01
29/01 (terça-feira) – 21h – Programa Curta 04
30/01 (quarta-feira) – 19h – Programa Curta 02
30/01 (quarta-feira) – 21h – Programa Curta 05
31/01 (quinta-feira) – 19h – Programa Curta 03
31/01 (quinta-feira) – 21h – Programa Curta 06
01/02 (sexta-feira) – 19h – Programa Curta 04
01/02 (sexta-feira) – 21h – Programa Curta 03
02/02 (sábado) – 19h – Programa Curta 05
02/02 (sábado) – 21h – Programa Curta 02
03/02 (domingo) – 19h – Programa Curta 06
03/02 (domingo) – 21h – Programa Curta 01
Curitiba/PR:
Cinemateca de Curitiba – 104 lugares
Rua Carlos Cavalcanti, 1.174 – São Francisco – (41) 3321 3245
30/01 (quarta-feira) – 14h – Programa Curta 01
30/01 (quarta-feira) – 16h – Programa Curta 04
30/01 (quarta-feira) – 18h – Programa Curta 06
30/01 (quarta-feira) – 20h – Programa Longa 01: “HU
31/01 (quinta-feira) – 14h – Mostra Homenagem
31/01 (quinta-feira) – 16h – Programa Curta 03
31/01 (quinta-feira) – 18h – Programa Curta 05
31/01 (quinta-feira) – 20h – Programa Longa 02: “A cidade é uma só?
01/02 (sexta-feira) – 14h – Programa Curta 06
01/02 (sexta-feira) – 16h – Programa Curta 02
01/02 (sexta-feira) – 18h – Programa Curta 04
01/02 (sexta-feira) – 20h – Programa Longa 03: “Doméstica
02/02 (sábado) – 14h – Programa Curta 05
02/02 (sábado) – 16h – Programa Curta 01
02/02 (sábado) – 18h – Mostra Homenagem
02/02 (sábado) – 20h – Programa Longa 04: “Mr. Sganzerla – Os signos da luz
03/02 (domingo) – 14h – Programa Curta 04
03/02 (domingo) – 16h – Mostra Homenagem
03/02 (domingo) – 18h – Programa Curta 03
03/02 (domingo) – 20h – Programa Longa 05: “Jards
04/02 (segunda-feira) – 14h – Programa Curta 03
04/02 (segunda-feira) – 16h – Programa Curta 06
04/02 (segunda-feira) – 18h – Programa Curta 02
04/02 (segunda-feira) – 20h – Programa Longa 06: “As hiper mulheres
05/02 (terça-feira) – 14h – Programa Curta 02
05/02 (terça-feira) – 16h – Programa Curta 05
05/02 (terça-feira) – 18h – Programa Curta 01
05/02 (terça-feira) – 20h – Mostra Homenagem
Florianópolis/SC:
Cine Dona Chica – 60 lugares
Rancho da Canoa – Praia do Campeche
01/02 (sexta-feira) – 18h – Programa Curta 01
01/02 (sexta-feira) – 20h – Programa Curta 02
02/02 (sábado) – 18h – Programa Curta 03
02/02 (sábado) – 20h – Programa Curta 04
03/02 (domingo) – 18h – Programa Curta 05
03/02 (domingo) – 20h – Programa Curta 06
Fortaleza/CE:
Centro Cultural Bom Jardim – 45 Lugares
Rua Três Corações, 400 – Granja Lisboa – (83) 3497 5981
Dia 29/01 (terça) – 16h – Programa Curta 01
Dia 30/01 (quarta) – 16h – Programa Curta 02
Dia 31/01 (quinta) – 16h – Programa Curta 03
Dia 01/02 (sexta) – 16h – Programa Curta 04
Dia 02/02 (sábado) – 16h – Programa Curta 05
Dia 03/02 (domingo) – 16h – Programa Curta 06
Goiânia/GO:
Cine Goiânia Ouro – Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro  – 217 lugares
Rua 3 Esq. com Rua 9, 1.016, Galeria Ouro – Centro – (62) 3524 2541 / (62) 3524 2542
28/01 (segunda-feira) – 18h – Mostra Homenagem
28/01 (segunda-feira) – 20h – Programa Longa 01: “HU
29/01 (terça-feira) – 18h – Programa Curta 04
29/01 (terça-feira) – 20h – Programa Longa 02: “A cidade é uma só?
30/01 (quarta-feira) – 18h – Programa Curta 05
30/01 (quarta-feira) – 20h – Mostra Homenagem
31/01 (quinta-feira) – 18h – Programa Curta 06
31/01 (quinta-feira) – 20h – Programa Longa 03: “Doméstica
01/02 (sexta-feira) – 18h – Programa Curta 01
01/02 (sexta-feira) – 20h – Programa Longa 04: “Mr. Sganzerla – Os signos da luz
02/02 (sábado) – 18h – Programa Curta 02
02/02 (sábado) – 20h – Programa Longa 05: “Jards
03/02 (domingo) – 18h – Programa Curta 03
03/02 (domingo) – 20h – Programa Longa 06: “As hiper mulheres
João Pessoa/PB:
Casa de Cultura Cia. da Terra – 80 lugares
Pça. Antenor Navarro, Casarão nº 15 (1º andar), Varadouro – (83) 9147 0663
28/01 (segunda-feira) – 18h30 – Programa Curta 01
28/01 (segunda-feira) – 20h10 – Programa Longa 01: “HU
29/01 (terça-feira) – 18h30 – Programa Curta 02
29/01 (terça-feira) – 20h10 – Programa Longa 02: “A cidade é uma só?
30/01 (quarta-feira) – 18h30 – Programa Curta 03
30/01 (quarta-feira) – 20h10 – Programa Longa 03: “Doméstica
31/01 (quinta-feira) – 18h30 – Programa Curta 04
31/01 (quinta-feira) – 20h10 – Programa Longa 04: “Mr. Sganzerla – Os signos da luz
01/02 (sexta-feira) – 18h30 – Programa Curta 05
01/02 (sexta-feira) – 20h10 – Programa Longa 05: “Jards
02/02 (sábado) – 16h – Mostra Homenagem
02/02 (sábado) – 18h30 – Programa Curta 06
02/02 (sábado) – 20h10 – Programa Longa 06: “As hiper mulheres
Maceió/AL:
Cine MISA – Museu da Imagem e do Som de Alagoas – 90 lugares
Rua Sá e Albuquerque, 275 – Jaraguá – (82) 3315 7881 / (82) 3315 7882
18/02 (segunda-feira) – 19h – Programa Curta 01
19/02 (terça-feira) – 19h – Programa Curta 02
20/02 (quarta-feira) – 19h – Programa Curta 03
21/02 (quinta-feira) – 19h – Programa Curta 04
22/02 (sexta-feira) – 19h – Programa Curta 05
23/02 (sábado) – 19h – Programa Curta 06
Palmas/TO:
Cine Sesc Palmas – 92 lugares
Quadra 502 Norte, Av. LO 16, Lote 21/26 – Plano Diretor Norte – (63) 3219 9127
31/01 (quinta-feira) – 19h30 – Mostra Homenagem
01/02 (sexta-feira) – 16h – Programa Curta 03
01/02 (sexta-feira) – 19h30 – Programa Curta 01
02/02 (sábado) – 16h – Programa Curta 04
02/02 (sábado) – 19h30 – Programa Curta 02
03/02 (domingo) – 16h – Programa Curta 06
03/02 (domingo) – 19h30 – Programa Curta 05
Paraty/RJ:
Sala IPHAN – 30 lugares
Esquina da Praça da Matriz, s/n – Centro Histórico – (24) 9957 5476
30/01 (quarta-feira) – 19h30 – Programa Curta 01
31/01 (quinta-feira) – 19h30 – Programa Curta 02
01/02 (sexta-feira) – 19h – Programa Curta 03
01/02 (sexta-feira) – 21h – Programa Curta 04
02/02 (sábado) – 19h – Programa Curta 05
02/02 (sábado) – 21h – Programa Curta 06
Parauapebas/PA:
Câmara Municipal de Parauapebas – 180 lugares
Rua E, s/n – Cidade Nova – (94) 9145 0077 / (94) 8129 5125
23/02 (quinta-feira) – 19h – Programa Curta 01
23/02 (quinta-feira) – 20h30 – Programa Curta 02
24/02 (sexta-feira) – 19h – Programa Curta 03
24/02 (sexta-feira) – 20h30 – Programa Curta 04
25/02 (sábado) – 19h – Programa Curta 05
25/02 (sábado) – 20h30 – Programa Curta 06
Porto Alegre/RS:
Cine Bancários – 81 lugares
Rua General Câmara, 424 – Centro – (51) 3433 1200
29/01 (terça-feira) – 17h – Programa Curta 06
29/01 (terça-feira) – 19h – Programa Longa 01: “HU
30/01 (quarta-feira) – 17h – Programa Curta 05
30/01 (quarta-feira) – 19h – Programa Longa 02: “A cidade é uma só?
31/01 (quinta-feira) – 17h – Programa Curta 04
31/01 (quinta-feira) – 19h – Programa Longa 03: “Doméstica
01/02 (sexta-feira) – 17h – Programa Curta 03
01/02 (sexta-feira) – 19h – Programa Longa 04: “Mr. Sganzerla – Os signos da luz
02/02 (sábado) – 17h – Programa Curta 02
02/02 (sábado) – 19h – Programa Longa 05: “Jards
03/02 (domingo) – 17h – Programa Curta 01
03/02 (domingo) – 19h – Programa Longa 06: “As hiper mulheres
Rio Branco/AC:
Filmoteca Acreana – Biblioteca Pública – 114 lugares
Av. Getúlio Vargas, 389 – Centro – (68) 3223 6041
28/01 (segunda-feira) – 17h – Programa Curta 06
28/01 (segunda-feira) – 19h – Programa Longa 01: “HU
29/01 (terça-feira) – 17h – Programa Curta 05
29/01 (terça-feira) – 19h – Programa Longa 02: “A cidade é uma só?
30/01 (quarta-feira) – 17h – Programa Curta 04
30/01 (quarta-feira) – 19h – Mostra Homenagem
31/01 (quinta-feira) – 17h – Programa Curta 03
31/01 (quinta-feira) – 19h – Programa Longa 03: “Doméstica
01/02 (sexta-feira) – 17h – Mostra Homenagem
01/02 (sexta-feira) – 19h – Programa Longa 04: “Mr. Sganzerla – Os signos da luz
02/02 (sábado) – 17h – Programa Curta 02
02/02 (sábado) – 19h – Programa Longa 05: “Jards
03/02 (domingo) – 17h – Programa Curta 01
03/02 (domingo) – 19h – Programa Longa 06: “As hiper mulheres
Rio de Janeiro/RJ:
Centro Cultural Banco do Brasil – 50 lugares
Rua Primeiro de Março, 66 – Centro – (21) 3808 2000
31/01 (quinta-feira) – 15h – Programa Curta 04
31/01 (quinta-feira) – 17h – Programa Longa 01: “HU
31/01 (quinta-feira) – 19h – Programa Curta 02
01/02 (sexta-feira) – 15h – Programa Longa 02: “A cidade é uma só?
01/02 (sexta-feira) – 17h – Programa Curta 03
01/02 (sexta-feira) – 19h – Programa Longa 03: “Doméstica
02/02 (sábado) – 15h – Programa Curta 05
02/02 (sábado) – 17h – Programa Curta 01
02/02 (sábado) – 19h – Programa Curta 06
03/02 (domingo) – 15h – Programa Longa 04: “Mr. Sganzerla – Os signos da luz
03/02 (domingo) – 17h – Programa Longa 05: “Jards
03/02 (domingo) – 19h – Programa Longa 06: “As hiper mulheres
Salvador/BA:
Sala Alexandre Robatto – 60 lugares
Rua General Labatut, 27 – Subsolo da Biblioteca Pública dos Barris – (71) 3116 8120 / (71) 3116 8124
29/01 (terça-feira) – 15h – Programa Curta 03
29/01 (terça-feira) – 17h – Programa Curta 04
30/01 (quarta-feira) – 15h – Programa Curta 02
30/01 (quarta-feira) – 17h – Programa Curta 05
31/01 (quinta-feira) – 15h – Programa Curta 01
31/01 (quinta-feira) – 17h – Programa Curta 06
01/02 (sexta-feira) – 15h – Programa Curta 04
01/02 (sexta-feira) – 17h – Programa Curta 03
02/02 (sábado) – 15h – Programa Curta 05
02/02 (sábado) – 17h – Programa Curta 02
03/02 (domingo) – 15h – Programa Curta 06
03/02 (domingo) – 15h – Programa Curta 01
São Paulo/SP:
MIS/SP – Museu da Imagem e do Som de São Paulo – 174 lugares
Avenida Europa, 158 – Jardim Europa – (11) 2117 4777
01/02 (sexta-feira) – 19h – Programa Curta 04
01/02 (sexta-feira) – 20h45 – Programa Curta 03
02/02 (sábado) – 16h – Programa Curta 01
02/02 (sábado) – 18h – Programa Curta 02
03/02 (domingo) – 16h – Programa Curta 05
03/02 (domingo) – 18h – Programa Curta 06
03/02 (domingo) – 20h – Mostra Homenagem
Teresina/PI:
Museu do Piauí – 60 lugares
Rua Areolino de Abreu, s/n – Praça da Bandeira – Centro – (86) 3221 6027
19/02 (terça-feira) – 16h – Mostra Homenagem
20/02 (quarta-feira) – 16h – Programa Curta 05
21/02 (quinta-feira) – 16h – Programa Curta 01
21/02 (quinta-feira) – 18h – Programa Curta 03
22/02 (sexta-feira) – 16h – Programa Curta 06
22/02 (sexta-feira) – 18h – Programa Curta 04
23/02 (sábado) – 18h – Programa Curta 02

sábado, 22 de dezembro de 2012

Os Barcos no HEMISFÉRIO/HALVKUGLE Rio de Janeiro


Hoje, no Rio de Janeiro, tem sessão de "Os barcos", curta que dirigi com a Thaís De Almeida Prado, dentro do evento HEMISFÉRIO/HALVKUGLE, às 21h30, no Comuna (Rua Sorocaba, 585, Botafogo), seguido de performance e festa. A sessão tem também o lindo curta "A onda traz, o vento leva", do Gabriel Mascaro, e outros três filmes dinamarqueses:

<21h30>
<<>>
A sessão para ver de olhos entreabertos.

(UNTITLED)
DIR. Felia Gram-Hanssen
DOC 2'

MIRROR VOICE
DIR. Felia Gram-Hanssen
DOC 3'

A ONDA TRAZ, O VENTO LEVA
DIR. Gabriel Mascaro
FIC 25'

OS BARCOS
DIR. Caetano Gotardo e Thaís de Almeida Prado.
FIC 24'

TOMRUM
DIR. Christina Christensen
FIC 15'

sábado, 27 de outubro de 2012

Um Homem, no DramaMix




Dia 01 de novembro estaremos eu e Rubens Rewald no Dramamix, às 21h30, com o texto “Um Homem”! Apareçam!

DramaMix

As Satyrianas esse ano convidaram 27 autores para desenvolverem textos curtos inéditos. Esses textos são montados por alguns dos mais destacados artistas do teatro paulista e apresentados durante os quatro dias da programação.
Local: SP Escola de Teatro – Sede Roosevelt
Quinta-Feira, 01 de novembro
20h30 – “Corpus Cavernosos”, de Zen Salles Sinopse:  EVA é uma ex-diva pornô que acaba se casando com o homem mais poderoso do seu país. Contudo, após um Golpe de Estado, o marido de Eva é brutalmente assassinado. Eva prevê então que será a próxima vítima e, para não dá chance aos seus inimigos, ela acaba encomendando a própria morte. Só que Eva nem desconfia que já é uma imortal entre homens de fé. . Direção: Germano Melo.Elenco:  Renata Jesion e Matheus Prestes.
21h30 – “Um Homem”, de  Rubens Rewald & Thais de Almeida Prado Sinopse:Na casa de Elena seu roomate acabou de fazer uma festa de aniversário. Todos os convidados estão bêbados e enlouquecidos e vão embora para uma balada deixando Elena sozinha no apartamento com toda a sujeira e bagunça. Ela olha para o apto desolada e repara que tem um homem dormindo no sofá… .Direção: Rubens Rewald. Elenco: Thais de Almeida Prado.
22h30 – “Recursos Humanos”, de Flavio Goldman Sinopse: Ao volta ao trabalho depois das férias envolve uma tradição arraigada no mundo das empresas: na sala do cafezinho, é o momento de falar de momentos especiais, de recantos mágicos, de lembranças felizes. No encontro entre Nelsinho e Fred, esse ritual aparentemente banal acaba tomando caminhos inesperados e perturbadores. Direção: Fábio Ock. Elenco: Eduardo Leão e Hugo Picchi.
23h30 – “Venha fazer um teste para ator”, de Marcelino Freire Sinopse: Um ator passa a limpo a sua trajetória a partir dos testes que ele teve de fazer – na vida e na TV. Direção: Gabriel Pinheiro. Elenco: Gabriel Pinheiro.



Sexta-Feira, 02 de novembro
00h30 – “Charutos”, de Sergio Mello Sinopse: Irmãos que não se vêem há anos se encontram para um acerto de contas no dia do enterro do pai.. Direção:Bruno Giordano. Elenco: Paulo de Tharso e Walter Figueiredo.
01h30 – “Pequeno Pasto”, de Alessandro Toller Sinopse: Uma jovem encantadora resgata um pato de engorda. O criador de carnes quer alvejá-los. Além disso, ele posa para um retrato como destaque da feira de exportação.Direção:  Antonio Salvador Elenco: Natasha Karasek, Cláudio Queiroz e Clóvis Gonçalves Trilha Sonora: Alessandro Toller e Cristiane Gomes
18h30 – “A voz do povo”, de Renata Pallottini Sinopse: Ao redor de uma mesa de bar estão cinco jogadores de futebol. É uma reunião que seria  possível, na imaginação. Todos foram grandes jogadores e todos seriam homossexuais. Trata-se de discutir, com a maior delicadeza possível – conforme o temperamento de cada um – sua condição num mundo machista por excelência.. Direção: Fabrício Castro. Elenco: César Genaro, Marcio Tito Pellegrine, Roberto Reineger, Victor Gally e Fabrício Castro.
19h30 – “O Terceiro Braço do Macaco”, de Celso Cruz Sinopse: As aventuras de um moleque brazuca nascido em Portugal, filho de uma jovem prostituta, em sua busca por identidade dos dois lados do Oceano. Uma viagem mágica, poética e selvagem pela mente e pelos afetos da criança que vive dentro de todos nós. Direção: Celso Cruz. Elenco: Carlos Rahal.
20h30 – “A Definir”, de Lucianno Maza Sinopse:  Um homem, uma mulher e uma história a definir. Eles são um casal. Ou foram. Há alguma coisa fora do lugar agora. Pendências de uma vida, consequências de suas escolhas. Devem decidir quem ficará com algo. Ou alguém. Pais, donos. Donos de um filho.
21h30 – “Qualquer dia, com você, comigo, com qualquer um”, de Sergio Roveri Sinopse: Um casal de atores interpreta os mais de 15 personagens de uma história que começa às nove da manhã, com a previsão do tempo para aquele dia, e termina à noite, com a prisão de um homem que atinge com o guarda-chuva o rosto de uma mulher que estava na hora errada e no lugar errado – embora fosse a mulher certa. Direção: José Roberto Jardim. Elenco:Pedro Moutinho e Ana Paula Grande.
22h30 –  “DesolaDor”, de Gabriela Mellão Sinopse: DesolaDor é inspirado em cartas e textos pessoais de Antonin Artaud, que datam do último período de internação do ator, diretor e teórico teatral francês no manicômio de Rodez. Através de uma fala atordoada, Artaud exprime seu pensar, às vezes lógico e genial e outras vezes absolutamente delirante. Vomita palavras num fluxo contínuo. Exprime angústias profundas, revela a grandiosidade de seus pensamentos e sua imensa dor, trafegando entre loucura e lucidez. Direção:Gabriela Mellão. Elenco: Clovys Tôrres.
23h30 – “O coração dos homens”, de Veronica Stigger  Sinopse: Mulher recorda da encenação de “Branca de Neve e os sete anões” em que tomou parte na escola, quando ficou menstruada pela primeira vez.. Direção: Henrique Stroeter. Elenco: Fernanda Cunha.

Sábado, 03 de novembro
00h30 – “Duas Noites”, de Carlos Hee Sinopse: Dois homens terminam uma relação estável de mais de uma década. A conversa entre eles é tensa, mas a principal causa do fim da relação – um deles contraiu o vírus HIV – não é expressa, até a conversa ser encerrada. Um ano depois, eles se encontram e mantém uma conversa vazia, apenas seus pensamentos deixam claro que o sentimento que os unia desapareceu e nenhum dos dois têm a coragem de dizer o que realmente gostariam de dizer um ao outro. E distantes agem apenas como dois homens que, apesar de terem vivido juntos, não têm mais o que dizer um ao outro. Direção: Joaquim Gama e Cadu Witter. Elenco: Marcelo Ricci, Otto Blodorn, Murilo Freitas e Luiz Rodriguez Jr.
01h30 – “Mais do mesmo”, de Renato Andrade Sinopse: Solilóquio, melodrama ou vaudeville? A difícil arte de decidir qualquer coisa depois dos trinta e poucos anos. Direção: Renato Andrade. Elenco:  Edson Aranha, Fábio Lucindo, Letícia Soares, Marcelo Marotti e Tatiana Ribeiro.
18h30 – “Fim de Semana”, de Dionísio Neto Sinopse: No domingo do Tanabata Matsuri – uma festa típica japonesa onde as pessoas fazem pedidos para as estrelas – um homem de meia idade, caixa de pedágio em crise existencial, mal humorado e pessimista, estuda Literatura brasileira para o vestibular em um parque público para recomeçar sua vida aos 40 anos de idade. Direção: Ivan Feijó. Elenco: Dionisio Neto, Jeyne Stakflett e Vinicius Calamari.
19h30 – “Belarus”, de Hayaldo Copque Sinopse: Estão todos sós: o homem que consome pornografia de todo tipo, a atriz que só interpreta peças russas e Édipo, o antigo rei de Tebas. Alguém viu? Infelizmente, sacos de lixo podem ser um problema Direção: Tiago Moraes. Elenco: Jorge Mesquita, Gabi Cywinski e Bruno Mograbi.
20h30 – “Legado”, de Vera de Sá Sinopse: Leitura-performance. Uma velha em estado terminal repassa razão e virtudes de seu projeto de extinção. Adaptação do conto de mesmo nome..Direção: Maria Alice Vergueiro Elenco: Maria Alice Vergueiro e Rubens Caribé Trilha sonora original: Ricardo Severo Assistentes de direção: Magali Biff e Rubens Caribé
21h30 – “O Roberto não mora mais aqui”, de Paula Chagas Autran Sinopse:Em meio ao caos do horário do rush de um grande centro urbano, Leto e Renata conhecem-se casualmente e passam a noite e a madrugada
rememorando músicas de relações passadas e as leis da termodinãmica..Direção: Fabio Torres. Elenco: Vera Bonilha e Renato Cruz Trilha sonora: Luis Eduardo de Souza Iluminação: Carol Autran
22h30 – “Os Escafandristas”, de Hugo Possolo Sinopse: Dois sobreviventes tentam sair dos escombros de um cinema que desmoronou. Sem saber a razão do acidente, buscam entender suas diferenças pela maneira como veem o mundo externo enquanto esperam por socorro. Direção: Óscar Silva. Elenco: Fabio Dias Melgarejo e Ricardo Marques.
23h30 – “Colapsos Mentais e o Declínio dos Sistemas de Produção de Sentido”, de Marcio Aquiles Sinopse: Situações abstratas tomam conta de uma remota delegacia de polícia, transcendendo os sentidos da antilógica pós-cartesiana e da percepção sensorial não euclidiana.. Direção: Augusto Marin.Elenco: Djin Sganzerla, Augusto Marin, Nadia Berriel, Magali Geara e Juliano Dip.

Domingo, 04 de novembro
00h30 – “Não por nada”, de Célia Forte Sinopse: Sara, 45 anos, casada com dois filhos, numa tarde em casa sozinha revê sua vida e lembranças.. Direção:Elias Andreatto. Elenco: Mara Carvalho.
01h30 – “Vida Vazia”, de Lucas Arantes Sinopse: Inspirado em uma história real, de um homem que arrastou na madrugada pelo asfalto uma mulher presa pelo cinto de segurança em uma caminhonete, o espetáculo tem o ponto de vista da mãe da vítima e de seu desejo para a finalização do caso.. Direção: Suzana Aragão. Elenco: Caco Mattos, Dani Biancardi e Suzana Aragão.
18h30 – “Haikai Loiro”, de Mauricio Paroni de Castro e Liz Reis Sinopse: Uma poetisa aprisionada e obrigada a compor na prisão um haikai a cada quatro minutos. Direção: Mauricio Paroni de Castro e Liz Reis. Elenco: Mauricio Paroni de Castro e Liz Reis.
19h30 – “Lusamm ser berkey”, de Luiz Päetow Sinopse: bem pi(melh)or que estar em carne viva é viv(morr)er assim em osso vivo com elefantíase na memória fazendo fu(tu)ro neste céu teatroplégico. Direção: Luiz Päetow.Elenco: Luiz Päetow.
20h30 – “Manequim 56”, de Mario Viana Sinopse: A peça Manequim 56, de Mario Viana, traz cinco cenas hilárias sobre o cotidiano nada comum de uma pessoa dedicada mais aos prazeres culinários do que realmente deveria..Direção: Alex Gruli. Elenco: Néia Barbosa.
21h30 – “Pane”, de Marcos Damaceno Sinopse: A peça propõe um jogo. Que envolve os personagens numa busca por suas próprias identidades dentro da peça. O autor, Marcos Damaceno, coloca, assim, a noção de sujeito em xeque. O caminho dramatúrgico escolhido por ele, o jogo teatral, onde os personagens vão se definindo ao longo da encenação, gera um possível caminho na direção da resposta. Com essa proposta cênica diferente, a peça faz uma reflexão sobre o homem e suas relações com o ambiente que o cerca: a família, o trabalho, os amigos, seus amores e, principalmente, com o encontro do homem consigo mesmo. Marcos Damaceno, premiado diretor de Curitiba, idealizou e coordenou o Núcleo de dramaturgia do SESI Paraná em seus três primeiros anos. Em seu trabalho, traz à tona discussões pertinentes sobre o teatro e sua forma de realizá-lo.. Direção: Marcos Damaceno. Elenco: Marcos Damaceno Companhia de Teatro.
22h30 – Sete dias do rei”, de Cláudia Maria de Vasconcellos Sinopse: É um monólogo lírico. Em sete pequenos atos, o personagem que se diz rei discorre sobre sua solidão e é assombrado por bobos da corte que não consegue ver. Um jogo de espelhos entre palco e platéia é instaurado, então: são investigadas a condição do personagem sob escrutínio cruel do público e do público sob escrutínio implacável do personagem. Direção: Ruy Filho.